terça-feira, 9 de agosto de 2005

CURVA DE RIO

E me ligaram do estrangeiro só para me lembrar de que eu sou a personificação de uma curva de rio.

Oi? Ah claro, eu explico.

A "curva de rio" é exatamente o lugar onde para todo o tipo de porcaria que foi jogada no mesmo. E quem lê deve estar imaginando o que uma pessoa poderia ter em comum com uma curva de rio. Pois bem, se compararmos uma curva de rio aos relacionamentos interpessoais afetivos de uma pessoa, encontraremos milhares de semelhanças.

E eu ganhei a taça "Joínha da Curva de Rio 2005 ", e olha que o ano nem acabou...

Acabo de confessar a uma amiga todos os meus "ganhos" do ano, assim, sem pudores, mas irei simplificar para que não fique pedante em demasia. Para aqueles que viam de longe os meus relacionamentos, eis a verdade: alcoólatras sujos em crise existenciais, viciados em sintéticos com pouco conteúdo, defensores da lei ignorantes e carentes, Monet´s * (vide final do texto), Vila Olímpias que nem lembro mais o nome (se é que alguma vez eu soube), workaholics surtados...

E a minha mais brilhante conclusão até agora foi a de que o meu maior problema é justamente a pessoa que está sentada atrás do computador escrevendo esta crônica muy útil.

"Oh, a Talittinha...tão estudiosa, centrada, trabalhadora..." . Acredito que encontrei o equilíbrio. É como disse o grande filósofo: "afinal, não se pode ter tudo na vida..."

Incrível como uma pessoa pode ser brilhante em alguns aspectos e possuir o pior julgamento de caráter existente nessa coisa redonda e azul achatada nos pólos vulgarmente chamada de Terra.

Ah sim...Monet quem? Monet foi um impressionista francês cujos quadros eram verdadeiras obras primas quando observados a mais de 5m de distância. E, quando os pobres e ignorantes mortais se aproximavam para entender tamanha genialidade, não viam nada mais que um borrão. Pois é..

Comparando a obra deste gênio do Modernismo com um fato banal como "ser uma míope inveterada e olhar o sexo oposto a mais de 5m de distância" pode ser mais dramático do se imagina... Digamos que é aconselhável não ficar paquerando ninguém a menos de 1m de distância... Alguém pode se deparar com um borrão...

Mais direta impossível.