quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Sofrimentos

Mulher sofre.

Acho que já devo ter falado isso aqui. Mulher sofre demais! É difícil ser mulher com dignidade! E é por essas e outras que digo que mulheres devem ser muito bem tratadas. 

Recado para as mulheres: não se nivelem por baixo! Nunca se acomodem por menos que merecem!

Não dá pra ter um minuto de sossego. Tem que cuidar do cabelo. Tem que cuidar da pele. Tem que cuidar do corpo. Tem que cuidar das unhas. Tem que cuidar da alimentação. Tem que se vestir bem. Tem que cuidar da casa. Tem que saber fazer no mínimo um prato pra impressionar alguém. Quando você menos percebe, não sobra tempo e nem dinheiro pra mais nada. 

Tive essa epifania ontem depois da depilação. Ô vida! Eita sina! Saco! Me fala, que caralho que é fazer depilação?! A não ser que você seja "naturista", depilação é algo compulsório e ad eternum na vida de uma mulher. Sempre tem um novo tipo, mais revolucionário, menos indolor, mais duradouro... Mas não adianta. Se você é mulher, e pretende ter algum tipo de dignidade na vida, vai ter que passar pela depilação. E, apesar do que divulgam por aí, ela não será definitiva, bebê. 

A sensação que tenho quando vou fazer depilação é que sou uma prisioneira de guerra a caminho da tortura medieval. "Escolha seu instrumento!". Depilação com cera fria ou quente? Roll on ou de mel? Depilação com linha? Com creminho? Satinelli? 

"Ai não pode ser com gilette, não? Só hoje, vai!"

Não! Porque aí, bebê, dá dois dias e você tá parecendo um cacto!

E quais as partes do corpo a mulherada depila? Talitta explica:

Sobrancelha - só a Malu Mader que acha aquilo bonito né. E o marido. Enfim...  Monocelha, jamais. Tem gente que prefere encarar isso a zilhões de pinçadas. Mas aí corre o risco da pele fininha ficar flácida e tudo e tal.

Buço - vulgo bigode. Eu definitivamente não acho "buço" uma palavra mais meiga para definir o bigodim feminino. É bigode mesmo, pô! En-gu-la! Todas tem! Em maior, ou menor escala! E te digo mais! Se você, como eu, é descendente de povos mediterrâneos, não é só bigodim abaixo do nariz não, é no queixo também! Adoro brincar com os amigos, quando algum fofo fala:

"- Tô precisando fazer a barba..."

Aí eu falo:
"- Eu também!"

Aí olham pra mim com aquela cara de "Ah vá!" e caem na gargalhada... Mal sabem que é verdade. Já vi fazerem também o rosto todo, digo, na linha do maxilar.

Nariz - Sim, bebê. A mulherada arranca pêlos do nariz. E não, não é a base de pinçalada não. É com cera... quente. 
Axilas: o bom e velho suvacão. Acho que é o "top one" das depilações. Suvacão peludo de homem pode, mas em mulher é "uó".

Braços: quem nunca passou "Blondor"? Acho super coerente sabe... mulheres morenas, de braços louros... Nojo. Sou adepta da depilação há anos aí... nem minha depiladora acredita.

Perna inteira/ meia perna: de novo, homem de perna peluda pode e é desejável, mas mulher... Cruz credo! Ainda bem que de todos, é o menos pior...

Virilha - MOMENTOS DE TENSÃO. Acho que depiladoras deveriam cobrar um horror pra depilar a virilha dos outros. Ô servicinho! Acho que pra quebrar a monotonia e descontrair o constrangimento que é depilar uma virilha, o povo fica criativo e resolve fazer desenhinhos... Quadradinho? Triangular? Em forma de mariposa? E quando fazem pegadinha com a gente? Você liga lá, marca um horário, e a recepcionista fala "completa ou simples?". Pra que, gente? Pedi completa uma única vez na vida, e saí de lá parecendo uma criança no período pré-puberdade.

Cú - Até o cú, minha gente! A mulherada depila o cú! Precisa? Jura por Deus? Pra quem? Quem é que gosta de ficar olhando? Admirando? Um cú pelado! Ah coitado!

Ufa.

Definitivamente, mulheres merecem todo carinho do mundo.